terça-feira, 18 de dezembro de 2007

FOOTSTEPS


Nem mesmo pense em me localizar, eu não estarei casa

Nem mesmo pense em dar uma parada, não pense em mim

Eu fiz, o que eu tive que fazer, se havia uma razão, era você...

Nem mesmo pense em entrar

Vozes em mim cabeça... ooh, vozes

Eu tenho arranhões, por todo meu braço

Um pra cada dia, desde que eu me isolei

Eu fiz... o que eu tive que fazer

Se havia uma razão, era você...

Pegadas no corredor, era você, você... ooh ooh ooh...

Figuras no meu peito, era você, era você...

Eu fiz, o que eu tive que fazer... e se havia uma razão

Oh, não havia nenhuma razão, não

E se há algo que você gostaria de fazer

Oh, apenas me deixe continuar, a culpar você

Pegadas no corredor, era você, você... ooh ooh ooh...

Figuras no meu peito, era você, você.

3 comentários:

Suhelen disse...

ai, ai... pearl jam...
[tá massa o blog!]

=**

Polyana Amorim disse...

[red] e ai, segunda mulher do Vedder!

(a primeira soy yo)

=D

gostei do teu blog, mas nõa entendi o mistério

não consegui desvendar!
=s

O superbacana disse...

Polyana? Não viste que ele a agarrou no corredor? Tantos ooooos porquÊ?